João Garcia

Vivendo no Faial: Questões e Perspectivas Locais

16 de Maio de 2024


Complementaridade

O triste incêndio ocorrido no Hospital de Ponta Delgada (HDES), no passado dia 4 de maio, representou um desafio árduo para os bombeiros e para a proteção civil. No entanto, graças ao seu desempenho exemplar, conseguiram evitar danos maiores. O Serviço Regional de Saúde também foi testado e demonstrou a sua capacidade de lidar com os desafios inesperados. É importante realçar a rápida e eficaz cooperação e solidariedade da Região Autónoma da Madeira e do Serviço Nacional de Saúde.

Desta situação ressalta a necessidade de repensar a distribuição dos cuidados de saúde nos Açores. É evidente que concentrar a maioria dos serviços no HDES foi um erro, como fica demonstrado por este episódio. O Hospital da Horta e o Hospital de Angra devem operar de forma complementar, criando nestas duas unidades a capacidade e meios que possam responder a situações idênticas ou até mais graves.

Não é admissível que os açorianos fiquem privados de atendimento e exames complementares de diagnóstico, porque nos Açores só se fazem no HDES. É uma lição a retirar deste infeliz acontecimento.

 

Atlético Angústias Clube

O investimento em instalações desportivas no Faial tem sido historicamente problemático para os Governos. Enquanto noutras ilhas eram edificadas sedes luxuosas, campos relvados e pavilhões desportivos, nesta ilha houve sempre má vontade em resolver o que tinha de ser resolvido.

Há sempre uma desculpa para justificar a falta de investimento. O episódio mais recente envolve o campo sintético do Centenário Angústias Atlético Clube. O Governo Regional dos Açores decidiu rejeitou a comparticipar este projeto, alegando preocupações ambientais e escudando-se, para o efeito, na Comunidade Europeia. Esta desculpa revela uma enorme falta de compromisso e cimenta o infeliz discurso do Diretor Regional do Desporto na Sessão Solene do Centenário de um dos mais prestigiados Clubes dos Açores.

A questão vai além de política partidária, é uma questão de justiça e de igualdade de tratamento entre ilhas. A instalação de um campo sintético no Angústias Atlético Clube não é só justa, é também coerente, pois conta com mais de 50% de financiamento do Município e da Associação de Futebol da Horta, pelo que não se entende esta dualidade de critérios na decisão e falta de vontade de querer resolver, o que tem de ser resolvido.

As sedes do Sporting Club da Horta, do Clube Naval da Horta e o Pavilhão do Fayal Sport Club são exemplos da má vontade de anos, ao qual a apregoada mudança não trouxe nada de novo, porque as desculpas esfarrapadas continuam a prejudicar os Clubes da ilha do Faial, os quais prestam diariamente, à comunidade, um serviço inestimável, sobretudo aos jovens e crianças, contribuindo gratuitamente e decisivamente para o seu desenvolvimento.

 

Novos aviões da Azores Air Lines

Continuam sem operar nas rotas do Faial e Pico. Houve uma tentativa no Faial, não concretizada, devido às condições meteorológicas e um dos novos A320Neo fez a sua primeira aparição na ilha do Pico, por uma única vez. Não sendo por razões técnicas, pelas duas situações relatadas, então por que razão as novas aeronaves da Azores Airlines não são escaladas para o Triângulo?

 

ALRAA

É uma má decisão iniciar o debate do Plano e Orçamento para 2024 na Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores na terça-feira das festividades em honra do Divino Espírito Santo, um dia tradicionalmente respeitado, com tolerância de ponto para os funcionários públicos e que a larguíssima maioria dos privados acompanha nas ilhas do Triângulo. Este é um dia de profundo significado para a comunidade, tanto no Faial quanto no Pico, até mesmo em São Jorge, e a sua celebração é parte integrante das nossas tradições. Esta escolha deveria ter sido ponderada de outra forma, pois não só desvaloriza as festividades que ocorrem nessas ilhas, mas também poderá ser entendido, erradamente, é certo, uma falta de consideração pelos valores partilhados neste dia.

 

Azores Trail Run

Prova pioneira nos Açores e uma das mais destacadas provas de Trail no calendário desportivo em Portugal. No entanto, continua a enfrentar uma lacuna significativa na cobertura mediática, sobretudo nos Açores, apesar deste ano ter completado dez anos, com um total de 600 atletas de 42 nacionalidades a participar. O Ultra Blue Azores claramente merece mais.

 

Estrada Príncipe Alberto Mónaco

Uma das principais vias de acesso à Cidade da Horta, está sobrecarregada com uma cacofonia visual de cartazes, painéis, postes, cabos e sinais de trânsito. O que poderia ser a porta de entrada perfeita na Cidade é agora um testemunho da desorganização. Entre essa panóplia de elementos, os painéis partidários são os mais numerosos, seguidos pelos empresariais, e agora, para agravar ainda mais a situação, um novo painel gigante foi adicionado, aparentemente com a intenção de se tornar permanente, dada a sua estrutura. A sua presença é nada menos que um insulto visual, uma mancha na paisagem que não pode ser justificada de forma alguma. Os Faialenses são forçados a testemunhar essa invasão visual diariamente e ninguém parece incomodar-se com este estranho progresso.

Complementaridade

O triste incêndio ocorrido no Hospital de Ponta Delgada (HDES), no passado dia 4 de maio, representou um desafio árduo para os bombeiros e para a proteção civil. No entanto, graças ao seu desempenho exemplar, conseguiram evitar danos maiores. O Serviço Regional de Saúde também foi testado e demonst…





Para continuar a ler o artigo torne-se assinante ou inicie sessão.


Contacte-nos através: 292 292 815.
985
Outros Artigos de Opinião
"A União Fará a Força"
João Garcia

AO ABRIR DA MANHÃ
.
"Europeias 24: reflexões do Faial à Europa"
Carlos Faria

REFLEXOS DO QUOTIDIANO
.
"Onde é que eu estava no 25 de Abril (III Parte)"
Carlos Frayão

REFLEXOS DO QUOTIDIANO
.
"Reféns da Mudança "
João Garcia

AO ABRIR DA MANHÃ
.
"Um Governo enjoado"
Rui Gonçalves

A ABRIR
.
"É este o turismo que queremos? "
Isabel Lacerda

REFLEXOS DO QUOTIDIANO
.
"Aprender com os erros do passado…"
Carlos Frayão

REFLEXOS DO QUOTIDIANO
.
"O Plano e Orçamento 2024 dos Açores vs ilha do Fa…"
Carlos Faria

REFLEXOS DO QUOTIDIANO
.
"Nova geração de guarda-redes"
Rui Gonçalves

A ABRIR
.
"Vivendo no Faial: Questões e Perspectivas Locais"
João Garcia

AO ABRIR DA MANHÃ
.