01 de Junho de 2023
Restauro dos projetos LIFE garante plantação de 200 mil plantas endémicas nos Açores
Lusa

Autor do Artigo
144
Plantas recuperam habitat natural do Priolo

O restauro ecológico realizado pelos projetos LIFE Priolo, LIFE Laurissilva Sustentável e do LIFE Terras do Priolo permitiu a plantação de mais de 200.000 plantas endémicas e nativas, anunciou o Governo dos Açores.

Segundo o secretário Regional do Ambiente e Alterações Climáticas, Alonso Miguel, “o restauro ecológico realizado pela SPEA-Sociedade Portuguesa para o Estudo das Aves, através do LIFE Priolo (2003-2008), do LIFE Laurissilva Sustentável (2009-2013) e do LIFE Terras do Priolo (2013-2019), permitiu a plantação de mais de 200.000 plantas endémicas e nativas, assegurando a recuperação do ‘habitat’ natural do Priolo”.

O priolo é uma pequena ave endémica dos Açores, que apenas se concentra na ilha de São Miguel, estimando-se que existam atualmente cerca de mil exemplares da espécie, que já esteve em vias de extinção.

O seu estatuto de conservação foi atualizado de espécie criticamente em perigo para espécie vulnerável, de acordo com a Lista Vermelha das Espécies Ameaçadas de Extinção da União Internacional para a Conservação da Natureza.

Citado em nota de imprensa, o titular da pasta do Ambiente, que visitou as Terras do Priolo, na ilha de São Miguel, referiu que essa recuperação foi assegurada “através do controlo de espécies invasoras, da reconversão de florestas de produção e de intervenções a diferentes altitudes e em condições de terreno variáveis, com objetivo de criar condições de abrigo e de disponibilização de alimento para a espécie”.

Alonso Miguel adiantou que o trabalho desenvolvido pela SPEA, no âmbito do projeto LIFE IP AZORES NATURA, ao longo dos últimos três anos, permitiu a plantação de mais de 90.000 plantas.

O governante destacou as intervenções na Mata dos Bispos e as ações de restauro de sistemas fluviais, “fundamentais no âmbito de projetos de restauro ecológico de ‘habitats’ da Rede Natura 2000, como as que têm vindo a ser desenvolvidos na ZPE Pico da Vara/Ribeira do Guilherme”.

De acordo com o secretário regional, o restauro ecológico para a conservação do Priolo “conta já com 20 anos de trabalho no território, o que tem permitido reter conhecimentos e desenvolver competências especializadas, à medida que se foi progredindo nos vários projetos de intervenção, correspondendo a uma progressiva complexidade nas características do terreno e respetivo nível de exigência das abordagens”.

No âmbito da conservação da natureza e a preservação da biodiversidade, a região possui atualmente quatro projetos LIFE em curso, destacando-se o LIFE IP AZORES NATURA, que “é primeiro projeto integrado aprovado em Portugal e o maior projeto de conservação da natureza alguma vez concebido para os Açores, com um orçamento 19,1 milhões de euros”.

O restauro ecológico realizado pelos projetos LIFE Priolo, LIFE Laurissilva Sustentável e do LIFE Terras do Priolo permitiu a plantação de mais de 200.000 plantas endémicas e nativas, anunciou o Governo dos Açores.

Segundo o secretário Regional do Ambiente e Alterações Climáticas, Alonso Miguel, “o restauro ecol…





Para continuar a ler o artigo torne-se assinante ou inicie sessão.
Pode tornar-se assinante por apenas 7€ por mês.

Contacte-nos através: 292 292 815 ou jornalincentivo@gmail.com.




Outras Notícias
Número de internamentos por Covid-19 nos Açores baixou em julho
.
Festival Maravilha no mar
.
Arquivados processos contra dois padres investigados por suspeita de abusos nos Açores
.
Carina Luna e Sofia Ganduglia conquistam o 1º lugar no Campeonato Regional de Canoagem
.