03 de Outubro de 2022
Gasolina desceu 1,4 cêntimos e gasóleo subiu 3,4 cêntimos nos Açores
Lusa

Autor do Artigo
43

O preço da gasolina nos Açores baixou no sábado 1,4 cêntimos por litro, enquanto o preço do gasóleo subiu 3,4 cêntimos por litro, segundo um despacho publicado na sexta-feira em Jornal Oficial.

Os ajustes aos preços máximos de venda ao público dos combustíveis nos Açores são justificados pelas “recentes variações no mercado internacional das cotações de referência dos produtos petrolíferos e energéticos”, lê-se no despacho.

O preço da gasolina sem chumbo de 95 octanas passa a ser de 1,721 euros por litro, menos 1,4 cêntimos do que o valor cobrado no mês de setembro (1,735 euros por litro).
Já o gasóleo passa a custar 1,636 euros por litro, mais 3,4 cêntimos.

Também o preço do gasóleo colorido para a agricultura e para as pescas, definido noutro despacho, regista um acréscimo de 3,4 cêntimos por litro.


O gasóleo colorido e marcado consumido na agricultura aumenta de 1,120 euros por litro para 1,154 euros, enquanto o gasóleo colorido e marcado consumido na pesca aumenta de 0,930 euros por litro para 0,964 euros.

O fuelóleo com teor de enxofre inferior ou igual a 1%, quando destinado a outros consumos, fornecido a granel nas instalações das companhias distribuidoras em cada ilha, passa a custar 0,772 euros por quilograma, menos 1,2 cêntimos do que no mês anterior (0,784 euros).

Já o fuelóleo para a produção de eletricidade, fornecido a granel nas instalações das companhias distribuidoras em cada ilha, sofreu uma redução na ilha de São Miguel de 777,75 para 765,59 euros/TM e na Terceira de 806,69 para 794,53 euros/TM.
No Pico, desceu de 932,28 para 929,62 euros/TM e no Faial de 918,18 para 915,52 euros/TM.

O preço do gás butano vendido em garrafas, canalizado ou em granel não sofre alterações, variando entre 1,348 euros por quilograma (a granel) e 1,618 por quilograma (garrafa de 24 litros, construída em materiais leves, vendida ao público, no local de consumo). 

Em novembro de 2021, o Governo Regional dos Açores procedeu à redução do Imposto sobre Produtos Petrolíferos (ISP) “em quatro cêntimos, na gasolina 95, e em dois cêntimos, no gasóleo rodoviário”. Em abril, atribuiu “um apoio suplementar de 11 cêntimos”, para “mitigar o impacto do aumento dos preços dos combustíveis no mercado europeu”.


No final de abril, o executivo açoriano aplicou uma nova redução do ISP em 11 cêntimos, “atendendo ao conflito geopolítico e militar em curso na Ucrânia, bem como ao seu impacto no aumento dos preços das matérias-primas, em especial do petróleo e seus derivados”.

A mais recente redução de ISP ocorreu no mês de agosto, em que se registou uma descida de nove cêntimos na gasolina e 11,3 cêntimos no gasóleo

O preço da gasolina nos Açores baixou no sábado 1,4 cêntimos por litro, enquanto o preço do gasóleo subiu 3,4 cêntimos por litro, segundo um despacho publicado na sexta-feira em Jornal Oficial.

Os ajustes aos preços máximos de venda ao público dos combustíveis nos Açores são justificados pelas &l…





Para continuar a ler o artigo torne-se assinante ou inicie sessão.


Contacte-nos através: 292 292 815.




Outras Notícias
Carlos Ferreira defende mais voos e lugares para o Faial
.
Atualizados preços de piquetes de bombeiros nos Açores
.
Municípios dos Açores vão receber uma participação da receita do IVA
.
Açores registam 5.620 desempregados inscritos em outubro
.