09 de Julho de 2024
Açores e Anacom alertam para necessidade de substituir cabos submarinos interilhas
Lusa

Autor do Artigo
256

O Governo dos Açores e a Autoridade Nacional de Comunicações (Anacom) alertaram ontem para a urgência na substituição dos cabos submarinos interilhas, defendendo que deve ser assegurada a conectividade daquele anel com o sistema nacional.

“É muito importante o novo cabo submarino interilhas. É muito urgente que seja feito. Já enviei ao senhor ministro das Infraestruturas uma carta a solicitar a criação de um grupo de trabalho conjunto, com a Anacom, os governos da República e Regional, para darmos início a esse processo”, reiterou o vice-presidente do executivo dos Açores (PSD/CDS-PP/PPM).

O número dois do Governo Regional, que falava aos jornalistas após uma reunião com a presidente da Anacom em Ponta Delgada, considerou “urgentíssimo” assegurar financiamento para o cabo submarino interilhas, que, salientou, tem de ser assumido pela República.

Em 9 de maio, o vice-presidente do Governo Regional enviou uma carta ao Governo da República a pedir a “criação urgente” de um grupo de trabalho para analisar “a solução técnica mais adequada” para a substituição dos cabos submarinos interilhas.

Artur Lima disse ainda não ter obtido resposta à missiva, prometendo “fazer mais alguma insistência” e adiantando que “em breve” irá ter uma reunião presencial com o ministro das Infraestruturas.

O vice-presidente do Governo dos Açores, que tutela a Ciência, alertou ainda para a importância de o anel interilhas estar conectado com o sistema nacional de cabos submarinos que liga continente, Açores e Madeira (CAM).

Também a presidente da Anacom defendeu que os “dois projetos não podem estar dissociados”, realçando a importância dos cabos para assegurar “comunicações de qualidade” e “fomentar a concorrência” entre operadores.

“Não podemos olhar para estes dois projetos de forma isolada. Ganhamos muito mais se olharmos já – e quanto mais rápido melhor – para a construção do interilhas e tentar fazer essa complementaridade que é muito importante”, declarou.

Sandra Maximiano defendeu a necessidade de revisitar o projeto da ligação interilhas para perceber se é “preciso adaptar alguma coisa, nomeadamente o número de pares de fibra ótica”.

“Quanto mais cedo melhor. Era um projeto que já devia ter sido pensado na altura em que se pensou o CAM. Não vamos estar a chover sobre o molhado. Agora o que nós queremos é juntar forças e começar a trabalhar nesse projeto”, reforçou.

A presidente da Anacom também esteve reunida com o presidente do Governo Regional, José Manuel Bolieiro, tendo o líder regional destacado o “diálogo profícuo” com a entidade.

“Esta reunião reflete o compromisso contínuo de ambas as partes em trabalhar de forma progressiva, aproveitando as oportunidades que se apresentam no desenvolvimento dos Açores”, afirmou Bolieiro, citado em comunicado.

O vice-presidente do executivo açoriano foi ainda questionado sobre o cabo submarino da Google, adiantando que o processo está em andamento e a ser tratado com “discrição”, prometendo um anúncio sobre o assunto “em breve”.

A Google já pediu ao regulador norte-americano uma licença para construir um cabo submarino de fibra ótica de 6.900 quilómetros, que vai amarrar nos Açores e em Sines, afirmando tratar-se da primeira ligação direta entre Estados Unidos e Portugal, segundo um documento que a agência Lusa teve acesso em 4 de julho.

O Governo dos Açores e a Autoridade Nacional de Comunicações (Anacom) alertaram ontem para a urgência na substituição dos cabos submarinos interilhas, defendendo que deve ser assegurada a conectividade daquele anel com o sistema nacional.

“É muito importante o novo cabo submarino interilh…





Para continuar a ler o artigo torne-se assinante ou inicie sessão.
Pode tornar-se assinante por apenas 7€ por mês.

Contacte-nos através: 292 292 815 ou jornalincentivo@gmail.com.




Outras Notícias
Número de internamentos por Covid-19 nos Açores baixou em julho
.
Mais de um quilograma de haxixe apreendido e três suspeitos de tráfico detidos
.
Açores e Anacom alertam para necessidade de substituir cabos submarinos interilhas
.
Carina Luna e Sofia Ganduglia conquistam o 1º lugar no Campeonato Regional de Canoagem
.