06 de Junho de 2024
CAP pede levantamento de prejuízos nos Açores e pagamento de ajudas
Lusa

Autor do Artigo
274

A Confederação dos Agricultores de Portugal (CAP) pediu às entidades governamentais que procedam ao levantamento dos prejuízos causados pelo mau tempo nos Açores, nas culturas e infraestruturas agrícolas, bem como ao pagamento das indemnizações.

Culturas como a do milho, base de alimentação das vacas, tiveram “elevados prejuízos” e algumas sementeiras foram totalmente perdidas.

“A CAP partilha a preocupação dos agricultores açorianos relativamente aos prejuízos provocados pelas condições climatéricas recentemente verificadas e apelou às entidades governamentais para procederem a um célere levantamento dos prejuízos verificados nas culturas e infraestruturas agrícolas nas zonas mais fustigadas pelo mau tempo na Região Autónoma dos Açores – com especial incidência nas ilhas de São Miguel, Terceira e Pico”, referiu, em comunicado.

A confederação pediu ainda que as indemnizações que vierem a ser apuradas sejam pagas com a maior brevidade possível.

Sublinhando que ainda não existe um seguro de colheitas para cobrir esta ocorrência, a CAP vincou que compete ao Governo Regional e ao Governo da República “diligenciarem para que os apoios para este efeito cheguem rapidamente aos agricultores”.

A chuva forte e trovoada provocaram, na noite de domingo, 44 ocorrências nas ilhas Terceira, São Miguel e Pico, como inundações e derrocadas.

Num balanço, o Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores (SRPCBA) informou, na segunda-feira, que a maioria das ocorrências (32) foram na ilha Terceira e que todas se registaram no concelho da Praia da Vitória, afetando sobretudo as freguesias das Fontinhas, São Brás e Vila Nova.

Das restantes, 11 foram em São Miguel (Ponta Delgada, Ribeira Grande, Povoação e Nordeste) e uma nas Lajes do Pico.

A Confederação dos Agricultores de Portugal (CAP) pediu às entidades governamentais que procedam ao levantamento dos prejuízos causados pelo mau tempo nos Açores, nas culturas e infraestruturas agrícolas, bem como ao pagamento das indemnizações.

Culturas como a do milho, base de alimentação das …





Para continuar a ler o artigo torne-se assinante ou inicie sessão.
Pode tornar-se assinante por apenas 7€ por mês.

Contacte-nos através: 292 292 815 ou jornalincentivo@gmail.com.




Outras Notícias
Governo Regional garante que operação da SATA Air Açores está totalmente reposta
.
Governo dos Açores ativa Fundo de Emergência Climática
.
Parlamento dos Açores aprova anteproposta para simplificar subsídio de mobilidade
.
Francisco César é candidato único à liderança do PS/Acores
.