14 de Maio de 2024
Vasco Cordeiro apoia Francisco César à liderança do PS/Açores
Lusa

Autor do Artigo
187

O presidente do PS/Açores Vasco Cordeiro anunciou que apoia a candidatura de Francisco César à liderança do partido na região, pela sua competência, capacidade política e de trabalho.

O dirigente socialista, que não se recandidata ao cargo, mantendo-se como deputado na Assembleia Legislativa Regional açoriana, escreveu na rede social Facebook que Francisco César anunciou recentemente a sua candidatura à presidência do partido na região, “assumindo, desde já, um conjunto de prioridades e de linhas estratégicas de atuação que pretende levar à prática no partido e para os Açores”.

“Saúdo-o pela sua coragem, pela sua disponibilidade em servir e pelo seu empenho para com os Açores”, acrescentou.

E prosseguiu: “Pela sua coragem, porque avança com a sua candidatura sem aguardar por nada, nem por quem quer que seja. Avança, sem taticismos nem agendas escondidas, porque tem um projeto para o PS e para os Açores e porque tem a vontade e a ambição imprescindíveis para o concretizar”.

“Pela sua disponibilidade em servir porque, desde logo, nestas andanças da política, são sempre mais os que cedem à tentação da crítica pela crítica, - ora porque o alvo é baixo, ora porque é alto, ora porque é gordo, ora porque é magro, ora porque tem o nome assim, ora porque tem o nome assado - do que os que se predispõem a sujeitar ao julgamento dos seus concidadãos pelas suas ideias e pelas suas propostas”, lê-se.

Vasco Cordeiro também saúda o atual deputado na Assembleia da República, “pelo seu empenho para com os Açores, porque ao longo do seu percurso político, quer no plano regional, quer no plano nacional, há uma constante e há uma certeza: os Açores”.

“Por tudo isto, pela sua competência, pela sua capacidade política e de trabalho, e por muito mais que esta saudável disputa eleitoral partidária tem condições para evidenciar, o Dr. Francisco César conta com o meu apoio de militante para ser o próximo presidente do PS/Açores”, concluiu o atual líder socialista açoriano.

Na sexta-feira, Francisco César revelou à agência Lusa que vai candidatar-se à liderança do PS nos Açores para dar um “novo futuro” ao partido e colocar a região a liderar nos indicadores sociais.

“Queremos um novo futuro para o PS. Um futuro que se enriquece com o seu passado, que na prática é a sua identidade, mas que constrói um novo futuro para a Região Autónoma dos Açores”, afirmou.

Os socialistas açorianos vão eleger um novo líder em 29 de junho, depois de Vasco Cordeiro, presidente do PS/Açores desde 2013, ter anunciado que não se vai recandidatar.

Na mensagem de apresentação da candidatura, a que a Lusa teve acesso, Francisco César defende que a região precisa de um “novo modelo económico” e de criar um “quarto pilar económico” (além da agricultura, pescas e turismo), assente nas “novas economias do mar, do digital e da descarbonização e transição energética”.

Francisco César, 45 anos, formado em Economia, é deputado e vice-presidente da bancada do PS na Assembleia da República, sendo ainda membro dos secretariados nacional e regional do partido.

O presidente do PS/Açores Vasco Cordeiro anunciou que apoia a candidatura de Francisco César à liderança do partido na região, pela sua competência, capacidade política e de trabalho.

O dirigente socialista, que não se recandidata ao cargo, mantendo-se como deputado na Assembleia Legislativa Regional aç…





Para continuar a ler o artigo torne-se assinante ou inicie sessão.
Pode tornar-se assinante por apenas 7€ por mês.

Contacte-nos através: 292 292 815 ou jornalincentivo@gmail.com.




Outras Notícias
Governo dos Açores defende recuperação da vocação atlântica do país
.
CDS diz que Plano e Orçamento dão resposta aos desafios atuais e futuros
.
IL diz que não houve “mudança de paradigma” na política regional
.
PSD elogia Orçamento que “respeita contrato eleitoral” e critica postura do PS
.