08 de Fevereiro de 2024
GLEX Summit estreia-se no Porto e regressa aos Açores em junho
Lusa

Autor do Artigo
53

A Global Exploration Summit (GLEX Summit), que reúne exploradores e cientistas internacionais, regressa aos Açores em junho e estreia-se na cidade do Porto, para debater temas como a exploração lunar e as alterações climáticas, revelou hoje a organização.

“Mais um ano em que conseguimos trazer para Portugal o maior encontro de exploradores do nosso planeta. A cidade do Porto acolhe o primeiro dia da cimeira – uma estreia – e depois voltamos a viajar até aos Açores e à ilha da Terceira”, adianta o responsável da Expanding World, que organiza o evento, Manuel Vaz, citado em comunicado de imprensa.

Esta será a quinta edição da cimeira, criada em 2019, no âmbito da celebração do quinto centenário da primeira circum-navegação do mundo, comandada por Fernão de Magalhães, que já trouxe a Portugal nomes como James Garvin, Brian Cox, Beverly e Dereck Joubert, Fabien Cousteau, Sian Proctor, Sylvia Earle, Nathalie Cabrol, Nina Lanza, Chris Rainer, Anna Curtenius Roosevelt ou Nathan J. Robinson.

Em 2023, o evento realizou-se pelo segundo ano consecutivo nos Açores e juntou 40 cientistas e exploradores de 14 nacionalidades em Angra do Heroísmo, na ilha Terceira, contando com cerca de 300 participantes.

“O GLEX Summit 2023 foi uma experiência inspiradora e enriquecedora que nos trouxe a linha da frente de exploradores em todas as áreas, desde o Alasca até a floresta Amazónica, incluindo os oceanos e os confins do espaço. Para além dos oceanos e da conservação da natureza, um dos tópicos em foco desta edição é a próxima década na lua com a missão Artemis que levará os primeiros europeus à Lua”, refere Manuel Vaz.

A cimeira arranca na Alfândega do Porto, no dia 15 de junho, e a sessão inaugural será dedicada à evolução da exploração espacial.

Nos dias 18 e 19 de junho, a GLEX Summit regressa à cidade de Angra do Heroísmo, com um programa “onde vão ser partilhadas as mais recentes descobertas, as tecnologias mais inovadoras e as novas missões que estão a revolucionar o futuro do planeta”.

Como o mote “What’s Next?” (o que se segue?), a edição deste ano vai ser dedicada à revolução da próxima década de exploração lunar, “com destaque para a missão Artemis, que vai levar uma tripulação de astronautas a pisar a Lua, pela primeira vez, desde 1972, incluindo a primeira mulher”.

“Esta missão da NASA representa um ponto de viragem na consolidação da exploração espacial, já que para além de pretender abrir portas para futuras missões, tem como grande objetivo estabelecer uma presença humana sustentável e duradoura na Lua”, explica a organização.

As alterações climáticas também estarão em destaque nesta edição, onde será “abordado o papel do Espaço e dos Oceanos para a recolha de dados que permitam investigar e mitigar os efeitos dessas alterações”.

O evento, organizado pela Expanding World, com a chancela e curadoria do The Explorerss Club, conta com o apoio da Câmara do Comércio de Angra do Heroísmo e do Turismo Porto Norte Portugal. 

A Global Exploration Summit (GLEX Summit), que reúne exploradores e cientistas internacionais, regressa aos Açores em junho e estreia-se na cidade do Porto, para debater temas como a exploração lunar e as alterações climáticas, revelou hoje a organização.

“Mais um ano em que conseguimos trazer para Portugal o maior enc…





Para continuar a ler o artigo torne-se assinante ou inicie sessão.
Pode tornar-se assinante por apenas 7€ por mês.

Contacte-nos através: 292 292 815 ou jornalincentivo@gmail.com.




Outras Notícias
Recuo glacial na Antártica Ocidental começou na década de 1940
.
Três sismos sentidos na terça-feira na ilha Terceira
.
Dormidas no turismo descem em janeiro apesar de aumento de hóspedes
.
Anúncio de greve na Atlânticoline leva a esclarecimento da empresa
.