16 de Novembro de 2023
Açores ultrapassam 3 milhões de dormidas turísticas entre janeiro e setembro
Lusa

Autor do Artigo
120

Os Açores registaram mais de 3 milhões de dormidas em alojamentos turísticos, entre janeiro e setembro, um aumento de 16,3% face ao período homólogo, segundo dados revelados pelo Serviço Regional de Estatística (SREA).

“No período acumulado de janeiro a setembro, o total de dormidas foi de 3.122.118, representando um acréscimo face ao período homólogo de 16,3%. Relativamente aos hóspedes, o número total foi de 973,7 milhares, valor igualmente superior em 16,3% relativamente ao período homólogo. Neste período, a estada média situou-se nos 3,21 dias”, lê-se no relatório da atividade turística do SREA, relativo a setembro, divulgado ontem.

Só no mês de setembro os Açores contabilizaram 452,2 mil dormidas em hotéis, hotéis-apartamentos, apartamentos turísticos, pousadas, unidades de alojamento local e unidades de turismo no espaço rural.

A subida face a setembro de 2022 foi de 12,4%, acima da variação registada no país (6,7%) no mesmo período. 

Os turistas residentes no estrangeiro representaram mais de metade (72,7%) das dormidas registadas nos Açores no mês de setembro, com 328,5 mil, mais 19,4% do que no período homólogo.

Já o mercado nacional registou uma quebra de 2,7%, atingindo 123,7 mil dormidas (27,3% do total).

Os Açores registaram mais de 3 milhões de dormidas em alojamentos turísticos, entre janeiro e setembro, um aumento de 16,3% face ao período homólogo, segundo dados revelados pelo Serviço Regional de Estatística (SREA).

“No período acumulado de janeiro a setembro, o total de dormidas foi de 3.122.118, representando um acr&e…





Para continuar a ler o artigo torne-se assinante ou inicie sessão.
Pode tornar-se assinante por apenas 7€ por mês.

Contacte-nos através: 292 292 815 ou jornalincentivo@gmail.com.




Outras Notícias
Papa defende em encontro com humoristas que “é possível rir de Deus”
.
Feira Agrícola e Comercial este fim de semana em São Lourenço
.
Atrasos no transporte marítimo de mercadorias sem solução
.
Governo dos Açores aumenta majorações para fixar médicos na Graciosa e Faial
.