18 de Maio de 2023
Açores vão lançar avisos de 15ME para financiar projetos científicos e tecnológicos
Lusa

Autor do Artigo
132

O vice-presidente do Governo dos Açores revelou ontem que vão ser lançados até ao final do ano avisos de 15 milhões de euros para financiar projetos científicos e tecnológicos, que vão ter obrigatoriamente de integrar empresas.

“Contamos, em menos de um ano a contar deste momento, lançar avisos para as entidades do sistema científico e tecnológico, num valor de cerca de 15 milhões de euros. Daremos prioridade aos avisos liderados pela academia, que contarão com alterações muito significativas”, afirmou Artur Lima.

O número dois do executivo açoriano falava no auditório do Nonagon - Parque de Ciência e Tecnologia de São Miguel, na Lagoa, na abertura da cimeira “S3 SUMMIT: Smart Specialization Strategy - São Miguel Azores 2023”.

Artur Lima destacou que os “projetos passarão a ser executados em regime de custos simplificados”, o que vai permitir “reduzir substancialmente a carga burocrática na gestão”.

“Iremos focar-nos, não na execução financeira, mas na entrega de resultados e nos seus impactos. Iremos implementar um novo programa de monitorização dos projetos, com reuniões anuais de acompanhamento da sua execução”, reforçou.

O vice-presidente do Governo dos Açores, que tutela a Ciência, detalhou que vai ser limitado o número de projetos em que cada investigador pode participar, “de modo a garantir um maior foco”.

O centrista avançou que um dos parâmetros de avaliação e de financiamento dos projetos vai ser a “capacidade de cada um se relacionar e interagir com os agentes sociais e económicos” da região.

Segundo disse, a intenção é promover “sinergias, a transferência de conhecimento e o emprego científico” para assegurar o “retorno do investimento”.

“Incluiremos a obrigação de em todos os projetos estarem integradas empresas desde a primeira hora e que haja a contratação de recursos humanos altamente qualificados”, adiantou.

A propósito do programa Açores 2030, Artur Lima destacou que, “durante as difíceis negociações com a Comissão Europeia, foi deixado claro de que os fundos europeus” vão ser destinados ao “financiamento de uma verdadeira política de desenvolvimento regional”.

O vice-presidente do Governo dos Açores revelou ontem que vão ser lançados até ao final do ano avisos de 15 milhões de euros para financiar projetos científicos e tecnológicos, que vão ter obrigatoriamente de integrar empresas.

“Contamos, em menos de um ano a contar deste momento, lançar avisos para as entidades do sis…





Para continuar a ler o artigo torne-se assinante ou inicie sessão.
Pode tornar-se assinante por apenas 7€ por mês.

Contacte-nos através: 292 292 815 ou jornalincentivo@gmail.com.




Outras Notícias
Falhas no transporte marítimo de mercadorias estão a estrangular a economia do Faial
.
PPM diz que Orçamento para este ano significa recuperar tempo perdido
.
Ecossistema espacial nos Açores tem de ser desígnio autonómico
.
Grua do porto do Varadouro parada durante 60 dias
.