28 de Março de 2023
Açores divulgam a sua cultura no Rio Grande do Sul
Lusa

Autor do Artigo
126

O Governo Regional dos Açores assinou protocolos para a constituição de Centros Culturais Açorianos em 10 municípios do estado do Rio Grande do Sul, no Brasil.

“Os 270 anos da nossa história comum foram importantes, mas devem ser consequentes, lançando as bases para uma mútua relação que se quer concreta e proveitosa. É neste contexto que surge o conceito, inovador e contemporâneo, dos Centros Culturais Açorianos. Serão espaços de exposição permanente de acervo cultural representativo da identidade açoriana, desde o artesanato até aos livros”, avançou a secretária regional da Educação e Assuntos Culturais dos Açores, Sofia Ribeiro, citada em comunicado de imprensa.

A titular das pastas da Educação e Assuntos Culturais nos Açores iniciou na sexta-feira uma visita de dois dias ao estado do Rio Grande do Sul, no Brasil, para assinalar os 270 anos do povoamento açoriano.

Na Casa dos Açores do Rio Grande do Sul, situada no município de Gravataí, Sofia Ribeiro assinou, na sexta-feira, protocolos para a criação de Centros Culturais Açorianos em Alegrete, Arroio Grande, Cachoeira do Sul, Gramado, Jaguarão, Porto Alegre, Santo António da Patrulha, São Gabriel, São José do Norte e Tavares.

“Com a celebração dos protocolos fundacionais, já hoje aqui ficou simbolicamente entregue um primeiro conjunto de produtos culturais açorianos doado pela Direção Regional das Comunidades, que poderá vir a ser oportunamente complementado pela própria Direção Regional dos Assuntos Culturais, que tutelo”, adiantou.

A governante açoriana destacou a relação “sem precedentes” de “proximidade permanente” entre os Açores e o Rio Grande do Sul.

“O Governo dos Açores desenvolveu uma relação, sem precedentes, de proximidade permanente com o Rio Grande do Sul, especialmente através da Direção Regional das Comunidades, designadamente, com o encontro estadual de municípios gaúchos de povoamento açoriano, em janeiro; com a missão Açoriana aos 250 anos de Porto Alegre, em março; com o Encontro Internacional de História e Genealogia Açoriana, em junho; e com o Encontro Estadual de Raízes Açorianas, em dezembro”, apontou.

Sofia Ribeiro realçou também o papel da Casa dos Açores do Rio Grande do Sul enquanto “embaixada cultural” dos Açores no extremo sul do Brasil, ao longo de 20 anos.

“Foram duas décadas de dedicação exemplar à nossa causa comum de preservar e promover a identidade açoriana em terras Gaúchas. É uma casa fundada e dinamizada por açordescendentes numa sede construída por açorianos numa cidade de povoamento açoriano. É um orgulho para o Governo dos Açores”, salientou.

O Governo Regional dos Açores assinou protocolos para a constituição de Centros Culturais Açorianos em 10 municípios do estado do Rio Grande do Sul, no Brasil.

“Os 270 anos da nossa história comum foram importantes, mas devem ser consequentes, lançando as bases para uma mútua relação que se quer concreta e prove…





Para continuar a ler o artigo torne-se assinante ou inicie sessão.
Pode tornar-se assinante por apenas 7€ por mês.

Contacte-nos através: 292 292 815 ou jornalincentivo@gmail.com.




Outras Notícias
Trabalhadores das Misericórdias dos Açores com aumentos de 7,07% em 2024
.
Aliança Democrática foi o partido mais votado nos Açores
.
Sistema de Bicicletas Partilhadas “E-BLUE” já a funcionar
.
Consórcio põe providência cautelar contra cancelamento da privatização da Azores Airlines
.