10 de Fevereiro de 2023
Índice de transmissão do vírus sobe em Portugal e está no limiar de 1,00
Lusa

Autor do Artigo
47

O índice de transmissibilidade (Rt) do vírus que provoca a covid-19 subiu para os 1,02 a nível nacional e três regiões estão com este indicador acima do limiar de 1,00, estima o Instituto Ricardo Jorge (INSA).

Segundo o relatório ontem divulgado sobre a evolução de casos de covid-19, o Rt - que estima o número de casos secundários de infeção resultantes de cada pessoa portadora do coronavírus SARS-CoV-2 – aumentou dos 0,95 em 27 de janeiro para os 1,02 registados 3 de fevereiro.

O INSA adianta ainda que este indicador é superior a 1,00 em três regiões do país, caso de Lisboa e Vale do Tejo (1,08), Alentejo (1,08) e Açores (1,10).

O Norte regista um Rt de 0,94, o Centro de 0,98, o Algarve de 0,92 e a Madeira de 0,96, refere o documento, ao adiantar que o número médio de infeções diárias, na média a cinco dias, subiu ligeiramente das 181 para as 188 a nível nacional.

Desde 2 de março de 2020, quando foram notificados os primeiros casos, até 3 de fevereiro, Portugal registou 5.565.534 casos de infeção pelo coronavírus SARS-CoV-2.

A covid-19 é considerada uma emergência de saúde pública internacional desde 30 de janeiro de 2020 e uma pandemia desde 11 de março do mesmo ano.

No final de janeiro, a Organização Mundial da Saúde (OMS) decidiu manter o nível máximo de alerta para a covid-19, depois de uma reunião do seu comité de emergência, que reconheceu, porém, que a pandemia pode estar a aproximar-se de um ponto de viragem.

O índice de transmissibilidade (Rt) do vírus que provoca a covid-19 subiu para os 1,02 a nível nacional e três regiões estão com este indicador acima do limiar de 1,00, estima o Instituto Ricardo Jorge (INSA).

Segundo o relatório ontem divulgado sobre a evolução de casos de covid-19, o Rt - que estima o número de casos…





Para continuar a ler o artigo torne-se assinante ou inicie sessão.


Contacte-nos através: 292 292 815.




Outras Notícias
Nova proposta para elementos decorativos junto a santuário do Santo Cristo
.
Ordem dos Nutricionistas defende que cabaz essencial é saudável e diversificado
.
Açores divulgam a sua cultura no Rio Grande do Sul
.
Défice orçamental dos Açores ficou nos 146,3 ME em 2022
.