06 de Fevereiro de 2023
Foco da atual Direção do Fayal Sport é criar melhores condições para atletas
Jéssica Raposo

jessicamcraposo@gmail.com
162
Percurso da reabilitação do clube no bom caminho

O mais antigo clube desportivo dos Açores celebrou, quinta-feira, o seu 114.º aniversário.

Considerado um clube eclético, o Fayal Sport dedicou-se especialmente ao futebol mas, durante anos, desenvolveu também a prática de um vasto leque de modalidades como o andebol, o basquetebol, o atletismo, o ciclismo, a patinagem, a esgrima, a ginástica, o hóquei em campo e em patins, o voleibol, entre outras modalidades.

Além do desporto, os “Verdes da Alagoa”, como são vulgarmente conhecidos, dedicaram-se também a outras atividades paralelas como o teatro, a música, a rádio e várias outras atividades recreativas.

O presidente da Direção, Luís Rosa, congratulou-se com os 114 anos do clube, o mais antigo dos Açores e o 5.º do país.

Na sessão solene comemorativa do aniversário, que teve lugar no Teatro Faialense, perante atletas e sócios, o presidente da Direção, em forma de agradecimento, destacou o trabalho de todos quantos colaboram com a instituição.

«O passado dita a nobreza do Fayal Sport, um clube que aprendeu a adaptar-se às exigências dos tempos modernos, assumindo o compromisso de servir e proporcionar a milhares de atletas de várias faixas etárias a prática do desporto, promovendo, em simultâneo, o gosto pela filantropia e ajuda ao próximo», referiu Luís Rosa, acrescentado: «se assim não fosse, o Fayal Sport não poderia, certamente, orgulhar-se dos mais de 480 atletas que acolhem, atualmente, este clube como a sua academia desportiva».

Porém, segundo o presidente da Direção, o caminho nem sempre foi fácil, e o Fayal Sport passou também por momentos turbulentos, sobretudo nas últimas décadas, deixando uma pesada herança aos futuros dirigentes, que assumiram o comando de um clube com pouca credibilidade junto dos credores, fornecedores e até mesmo nas instituições.

«Com empenho, sacrifício e muito espírito de equipa, a direção assumiu, desde que tomou posse em 2020, o compromisso de reerguer o clube em todas as suas vertentes e colocar o bom nome do Fayal Sport, novamente no pódio das melhores instituições regionais e nacionais, através da recuperação do Estatuto de Instituição de Utilidade Pública», destacou.

Em termos desportivos, o clube aumentou em mais de duas centenas o número de atletas nas várias modalidades e escalões. Criou uma academia de futebol na formação, o “Alagoa Fut”, e reabriu com sucesso a modalidade de voleibol.

A nível patrimonial, Luís Rosa destacou a reabilitação que tem sido levada a cabo no Estádio da Alagoa, através da recuperação e pintura de muros, bancadas e balneários, bem como a remodelação das salas da sede, e a muito importante substituição da eletrificação do estádio.

«O percurso da reabilitação do nosso Fayal Sport está em andamento, mas o caminho é longo e há ainda muito por fazer», disse o dirigente, destacando que o foco é criar as melhores condições para que os jovens possam competir ao mais alto nível mas, para isso, são necessários espaços condignos.

No momento, Luís Rosa mencionou o projeto para o novo ginásio, um espaço que virá substituir o atual ginásio, cuja construção teve início, precisamente, há 50 anos e que está, de momento, desativado devido ao seu elevado grau de degradação.

«A construção do novo ginásio, não só reabrirá as portas a outras modalidades desportivas, como trará a possibilidade de recuperar e trazer novamente ao público as atividades culturais e recreativas de excelência a que o Fayal Sport sempre nos habituou», disse.

Em forma de apelo e a terminar o seu discurso, o dirigente referiu: «para que o sonho se torne realidade é imperiosa a conjugação de esforços entre os vários atores, sejam eles económicos, sociais e políticos, sem descurar o imprescindível apoio desta numerosa e unida família verde. O sonho de hoje é a glória de amanhã! Estamos juntos nesta caminhada!».

O mais antigo clube desportivo dos Açores celebrou, quinta-feira, o seu 114.º aniversário.

Considerado um clube eclético, o Fayal Sport dedicou-se especialmente ao futebol mas, durante anos, desenvolveu também a prática de um vasto leque de modalidades como o andebol, o basquetebol, o atletismo, o ciclismo, a patinagem, a esgrima, a ginásti…





Para continuar a ler o artigo torne-se assinante ou inicie sessão.
Pode tornar-se assinante por apenas 7€ por mês.

Contacte-nos através: 292 292 815 ou jornalincentivo@gmail.com.




Outras Notícias
“Aventura na Alagoa: Escalada para Todos” vence Orçamento Jovem
.
Política colonial portuguesa foi diferente das outras
.
Chuva intensa durante a manhã de hoje não provocou estragos no Faial
.
Falta de vontade do Governo para avançar com a segunda fase da EBI da Horta
.