03 de Janeiro de 2023
ASAE desmantela dois locais de abate clandestino e detém três pessoas
Lusa

Autor do Artigo
47

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) desmantelou dois locais de abate clandestino de animais, em Silves e na Batalha, deteve três pessoas e fez apreensões estimadas em 4.350 euros.

“A ASAE realizou, através da Unidade Regional do Sul, e na sequência de investigações no âmbito do combate a ilícitos criminais contra a saúde pública, diversas ações de fiscalização direcionadas ao abate clandestino de animais, nos concelhos de Silves, Portimão e Batalha”, indicou, em comunicado.

Neste âmbito, desmantelou, em Silves e na Batalha, dois locais de abate clandestino, onde se realizava o assamento e parte da comercialização.

Os restantes animais eram enviados para consumo em restaurantes durante a época festiva, “sem que os mesmos fossem sujeitos a qualquer inspeção sanitária para despiste de eventuais doenças”.

A ASAE instaurou três processos-crime pelo abate clandestino, que configura um crime contra a saúde pública, e apreendeu 47 leitões, um cabrito e um borrego, bem como utensílios metálicos e embalagens utilizadas para o acondicionamento e transporte dos leitões assados, “dissimulando a sua origem e induzindo o consumidor em erro”.

No total, o valor das apreensões foi estimado em cerca de 4.350 euros.

Em sequência destes crimes, a ASAE deteve três pessoas e determinou a suspensão total das atividades “não licenciadas e sem condições mínimas” para o seu funcionamento.

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) desmantelou dois locais de abate clandestino de animais, em Silves e na Batalha, deteve três pessoas e fez apreensões estimadas em 4.350 euros.

“A ASAE realizou, através da Unidade Regional do Sul, e na sequência de investigações no âmbito do combate a ilícitos…





Para continuar a ler o artigo torne-se assinante ou inicie sessão.


Contacte-nos através: 292 292 815.




Outras Notícias
Novo Plano de Gestão de Resíduos dos Açores define taxa de reciclagem
.
CUF notifica Concorrência da compra do Hospital Internacional dos Açores
.
PPM quer navio mais pequeno a operar nas Lajes das Flores
.
Cartilha de Sustentabilidade alargada a todos os setores
.