17 de Janeiro de 2023
UGT/Açores pede integração de medidas do Governo em acordo alargado
Lusa

Autor do Artigo
23

A UGT/Açores saudou as medidas anunciadas pelo governo açoriano para mitigar os efeitos da inflação, mas defende a integração num “acordo alargado” em sede da Comissão Permanente da Concertação Social.

Num comunicado enviado às redações, a UGT/Açores congratula-se com as medidas apresentadas na sexta-feira pelo Governo Regional, considerando que demonstram “preocupação com a atual conjuntura económica e social na Região”, o que tem levado a União Geral de Trabalhadores “a reivindicar uma progressiva e oportuna intervenção social dos poderes públicos”.

A UGT/Açores considera, no entanto, que as medidas de caráter social “não esgotam nem prejudicam a adoção de outras” que venham a ser necessárias.

“Por se tratarem de medidas que vêm ao encontro das reivindicações da UGT Açores, podem e devem constituir um quadro alargado de medidas que integrem um acordo regional de rendimentos e preços de médio prazo 2023-2026, a celebrar entre o Governo Regional e o parceiros sociais, em sede da Comissão Permanente da Concertação Social”, defende.

A UGT/Açores saudou as medidas anunciadas pelo governo açoriano para mitigar os efeitos da inflação, mas defende a integração num “acordo alargado” em sede da Comissão Permanente da Concertação Social.

Num comunicado enviado às redações, a UGT/Açores congratula-se com as medidas aprese…





Para continuar a ler o artigo torne-se assinante ou inicie sessão.


Contacte-nos através: 292 292 815.




Outras Notícias
Encontrado corpo de homem na orla costeira na ilha de São Miguel
.
Parlamento aprova redução do custo das refeições escolares nos Açores
.
Nova formação no programa “Dos Zero aos Jogos Olímpicos”
.
Executive Master encerra amanhã no Hospital da Horta
.