28 de Novembro de 2022
Médico açoriano detido por abuso sexual de menores
Jéssica Raposo

jessicamcraposo@gmail.com
51

Um médico de 27 anos, natural de Angra do Heroísmo, foi detido esta semana em Santarém para cumprir uma pena de prisão efetiva de 5 anos

Um médico de 27 anos, natural de Angra do Heroísmo, foi detido esta semana no Bairro de São Domingos, em Santarém, para cumprir uma pena de prisão efetiva de cinco anos.

Em causa está o abuso sexual de cinco menores, com idades compreendidas entre os 7 e os 10 anos de idade, de abril a agosto de 2018, nos concelhos de Angra do Heroísmo e Praia da Vitória.

Na altura dos factos, o abusador tinha 23 anos e encontrava-se no 6.º ano do curso de Medicina, na Universidade de Lisboa. Bem visto localmente, demonstrava vontade de trabalhar com instituições e associações que trabalhavam com crianças.

Foi enquanto monitor de um campo de férias e como elemento de um clube desportivo que o abusador aproveitou-se das suas posições para abusar sexualmente de cinco crianças.

O caso só foi conhecido quando uma das vítimas falou no decorrer de uma sessão de psicologia de rotina, o que acabou por desenrolar a investigação da Polícia Judiciária.

Detido, o estudante terceirense acabou por ser acusado de 10 crimes de abuso sexual de menores, tendo sido condenado a uma pena de prisão efetiva de 5 anos.

O indivíduo chegou a realizar o primeiro ano de Internato Médico no Hospital do Divino Espírito Santo, em Ponta Delgada.

Enquanto aguardava pelos trâmites do processo judicial, o abusador encontrava-se a trabalhar no Hospital Distrital de Santarém, como interno de Formação Específica no serviço de Medicina Interna. O abusador estava em liberdade, por não se ter encontrado qualquer indício da prática do mesmo crime em Santarém.

Um médico de 27 anos, natural de Angra do Heroísmo, foi detido esta semana em Santarém para cumprir uma pena de prisão efetiva de 5 anos

Um médico de 27 anos, natural de Angra do Heroísmo, foi detido esta semana no Bairro de São Domingos, em Santarém, para cumprir uma pena de prisão efetiva de cinco anos.

Em causa es…





Para continuar a ler o artigo torne-se assinante ou inicie sessão.


Contacte-nos através: 292 292 815.




Outras Notícias
Portugal transplantou 814 órgãos em 2022 e atinge recorde no pulmão
.
PS/Açores questiona Governo sobre avião que faz ligações ao Corvo
.
Novo Plano de Gestão de Resíduos dos Açores define taxa de reciclagem
.
Quase 20% dos mais carenciados têm sobrecarga das despesas com habitação
.