30 de Setembro de 2022
Investimento municipal na Semana do Mar ascendeu, este ano, a 375 mil euros
Rui Gonçalves

rui.incentivo@gmail.com
52
Programa cultural pagou 125 mil euros da festa

“Inscrevemos 249 mil euros na rubrica da Semana do Mar, prevista no plano de atividades para 2022, a que acresce o valor alocado do Programa Cultural para concretizar a opção que tomámos de dar palco a todas as bandas faialenses, inclusive as chamadas bandas de garagem que pela primeira vez tiveram o espaço que merecem no maior evento da ilha e um dos maiores desta região”, anunciou Carlos Ferreira ontem em nota de imprensa distribuída à comunicação social.

A nota é omissa em relação, por exemplo, à receita dos patrocinadores.

A informação resulta das reuniões da Comissão Organizadora da Semana do Mar e dos Concessionários, com o propósito de avaliar a 45º edição do evento, e recolher contributos para 2023.

Segundo Carlos Ferreira “a avaliação feita pelos membros da Comissão Organizadora da Semana do Mar, assim como pelos concessionários, foi extremamente positiva, e foram também apresentadas sugestões muito pertinentes para a melhoria do maior evento que se realiza nesta ilha”, adianta a nota da Câmara sem contudo especificar algumas dessas sugestões.

O presidente da Câmara lembra ainda que “nesta edição, temos também que considerar o conjunto de intervenções de caráter logístico que tiveram de ser realizadas para organizar a Semana do Mar num espaço completamente diferente”.

“É um grande investimento do Município, um esforço significativo de todos os parceiros, mas para o Faial e para a região, é, certamente, um evento com retorno económico e social, que projeta a ilha azul a nível nacional e internacional ” defende Carlos Ferreira.

A Câmara Municipal da Horta pretende iniciar muito em breve a preparação da Semana do Mar do próximo ano, tendo em vista alocar os recursos necessários no Plano e Orçamento para 2023, planear as ações de natureza logística e congregar patrocínios para o evento, garantindo, dessa forma, o engrandecimento da dimensão e prestígio do evento.

Este assunto do custo da Semana do Mar foi sempre mais ou menos nebuloso nos mandatos anteriores da Câmara, da responsabilidade do Partido Socialista.

José Leonardo, o anterior presidente da Câmara, declarou ao INCENTIVO, ontem à tarde, após conhecer o valor divulgado pela Câmara, que a última Semana do Mar não atingiu este valor, explicando que não tinha presente quanto custou a festa de 2019. 

“Inscrevemos 249 mil euros na rubrica da Semana do Mar, prevista no plano de atividades para 2022, a que acresce o valor alocado do Programa Cultural para concretizar a opção que tomámos de dar palco a todas as bandas faialenses, inclusive as chamadas bandas de garagem que pela primeira vez tiveram o espaço que merecem no maior evento da ilha e um dos maiores d…





Para continuar a ler o artigo torne-se assinante ou inicie sessão.


Contacte-nos através: 292 292 815.




Outras Notícias
Pavilhão de Portugal na Bienal de Veneza obtém “número notável” de 67 mil visitantes
.
Prisão preventiva de “célula” de tráfico de droga em São Miguel
.
Atualizados preços de piquetes de bombeiros nos Açores
.
Horta e New Bedford estreitam laços de geminação
.