27 de Setembro de 2022
SATA integra Aliança para a Aviação com Emissões Zero de gases poluentes
Lusa

Autor do Artigo
42

A companhia aérea açoriana SATA integra a Aliança para a Aviação com Emissões Zero (AZEA, na sigla inglesa), que tem como objetivo desenvolver aviões movidos a hidrogénio e eletricidade.

A primeira lista dos membros da Aliança foi ontem apresentada pela Comissão Europeia e inclui empresas de toda a indústria aeronáutica, bem como companhias aéreas, empresas de aluguer de aeronaves, aeroportos, fornecedores de energia, associações empresariais e organizações da sociedade civil.

A AZEA foi lançada em junho pela Comissão Europeia com o objetivo de contribuir para desenvolver novos aviões movidos a hidrogénio e a eletricidade de modo a, em duas décadas, colocar no mercado mais de 44 mil novas aeronaves com emissões zero de gases poluentes.

Desta forma, o transporte aéreo poderá contribuir para o objetivo de neutralidade climática da Europa em 2050, estimando Bruxelas que as novas tecnologias de propulsão irão ter um “profundo impacto” no desenho dos aviões e também nas infraestruturas dos aeroportos.

A companhia aérea açoriana SATA integra a Aliança para a Aviação com Emissões Zero (AZEA, na sigla inglesa), que tem como objetivo desenvolver aviões movidos a hidrogénio e eletricidade.

A primeira lista dos membros da Aliança foi ontem apresentada pela Comissão Europeia e inclui empresas de toda a indústria ae…





Para continuar a ler o artigo torne-se assinante ou inicie sessão.


Contacte-nos através: 292 292 815.




Outras Notícias
Três homens detidos pelo crime de tráfico de droga em São Miguel
.
Governo dos Açores quer “envolvimento ativo” dos 19 municípios da região
.
Programa natalício da cidade da Horta arranca mais cedo este ano
.
Pavilhão de Portugal na Bienal de Veneza obtém “número notável” de 67 mil visitantes
.