11 de Agosto de 2022
Aeroporto de Santa Maria leva Câmara a apelar à República
Lusa

Autor do Artigo
27

A Câmara de Vila do Porto apelou ao Governo da República para interceder junto da ANA e da NAV para resolver os “constrangimentos” do aeroporto da ilha de Santa Maria, que têm levado ao cancelamento de voos.

Em conferência de imprensa, realizada na sede do município, a presidente da autarquia, a socialista Bárbara Chaves, falou sobre os “constrangimentos” na “acessibilidade” à ilha açoriana, que têm provocado o cancelamento de voos com a justificação da “inoperacionalidade de equipamentos” do aeroporto.

A presidente do único município de Santa Maria disse que questionou formalmente a NAV Portugal “sobre a operacionalidade dos seus equipamentos, tendo em conta que são justificações para que se limitem as escalas de passageiros” para a ilha.

A autarquia questionou também a ANA Aeroportos para “perceber qual é o horário do aeroporto” de Santa Maria, lembrando a importância da ilha no acolhimento de escalas técnicas.

“É preciso não esquecer que este aeroporto durante 70 anos esteve ao serviço de Portugal e nós queremos continuar a estar ao serviço de Portugal. Queremos continuar a receber estas escalas técnicas e receber este mercado da aviação privada”, afirmou Bárbara Chaves.

A autarca revelou ainda que solicitou uma reunião com o ministro das Infraestruturas, Pedro Nuno Santos, e apelou ao Governo da República para que “diligencie” no sentido da resolução da situação.

“Decidimos oficiar o Governo da República para que interceda junto destas entidades [ANA e NAV], para que consiga ajudar-nos a ultrapassar esta situação”, salientou.

Bárbara Chaves adiantou que também questionou o Governo dos Açores para “perceber qual o entendimento do executivo” na sequência do pré-aviso de greve dos trabalhadores do aeroporto, marcado pelo Sindicato Nacional dos Trabalhadores da Aviação Civil (Sintac) para o período do festival Maré de Agosto (de 19 a 21 de agosto).

“Durante este fim de semana tão importante para nós, na altura do festival Maré de Agosto, não tendo um navio que faça a escala de passageiros, qual será então a hipótese daqueles que querem vir passar o fim de semana a Santa Maria?”, questionou.

A presidente da Câmara de Vila do Porto lembrou ainda que o atual executivo açoriano suprimiu a ligação marítima de passageiros com Santa Maria, reconhecendo que a transportadora SATA se encontra no “limite”, mas defendendo que tal só acontece devido às alterações no transporte marítimo.

“É lamentável o que está acontecer ultimamente em Santa Maria. Em termos de voos, é verdade que temos mais voos de escala, mas depois são voos mais pequenos, como os aviões dash Q-200 que não trazem o mesmo número de passageiros do que as outras aeronaves Dash Q-400”, argumentou.

A Câmara de Vila do Porto apelou ao Governo da República para interceder junto da ANA e da NAV para resolver os “constrangimentos” do aeroporto da ilha de Santa Maria, que têm levado ao cancelamento de voos.

Em conferência de imprensa, realizada na sede do município, a presidente da autarquia, a socialista Bárbara Chaves, falou sobre os…





Para continuar a ler o artigo torne-se assinante ou inicie sessão.


Contacte-nos através: 292 292 815.




Outras Notícias
Festival AngraJazz com lotação quase esgotada
.
Publicado concurso público internacional da empreitada do Tecnopolo-Martec no Faial
.
Instituto Nobel diz estar fora de causa retirar prémio da paz a Ximenes Belo
.
Ajudas à banca entre 2008 e 2021 geram saldo negativo de 22.049 ME
.