02 de Agosto de 2022
Passageiros desembarcados nos portos superam valores de 2019
Lusa

Autor do Artigo
27
Faial e Pico continuam a registar maior movimento

O número de passageiros desembarcados nos portos dos Açores em junho superou o de 2019, apesar de estar suspensa a ligação sazonal, que ligava todas as ilhas, segundo números revelados pelo Serviço Regional de Estatística (SREA).

Em junho, desembarcaram nos Açores 54.824 passageiros provenientes de transportes marítimos, mais 4% do que em igual período de 2019 (52.733), de acordo com os dados disponibilizados na página da Internet do SREA, consultados pela Lusa.

Em 2019, período anterior à pandemia de covid-19, todas as ilhas do arquipélago tinham, em época alta, ligações marítimas de passageiros, o que não acontece em 2022.

Entre maio e setembro, a empresa Atlânticoline, que assegura o transporte marítimo de passageiros nos Açores, ligava todas as ilhas do arquipélago (com exceção do Corvo), numa operação com navios de maior dimensão, cancelada desde 2020.

Nos meses de verão, há agora apenas ligações marítimas entre as ilhas do grupo central (Terceira, Graciosa, São Jorge, Pico e Faial) e entre as Flores e o Corvo.

Em comparação com junho de 2021, em que o SREA contabilizou 43.057 passageiros desembarcados nos portos dos Açores, houve um crescimento de 27,3%, em 2022.

No valor acumulado de janeiro a junho, registou-se também um crescimento face a 2021, de 160.516 passageiros desembarcados para 187.547 (16,8%).

Já em relação a 2019, em que se tinham registado 198.324 desembarques, houve um decréscimo de 5,4%.

As ilhas do Pico e do Faial destacaram-se com 87.572 e 84.601 passageiros desembarcados, respetivamente, nos primeiros seis meses do ano.

Todas as ilhas registaram uma subida face ao primeiro semestre de 2021.

A maior subida, em termos percentuais, registou-se na ilha Terceira, que, à semelhança da ilha Graciosa, tem ligações apenas entre junho e outubro.

Em junho, a Terceira contabilizou 588 passageiros, mais 70,9% do que no período homólogo.

Já a Graciosa, com 294 passageiros, registou a menor subida face a junho de 2021 (1,7%).

Nas ilhas do Triângulo, as que registam mais movimento de transportes marítimos de passageiros nos Açores, o Faial cresceu 17,5%, o Pico 17,1% e São Jorge (com 13.108 passageiros) 7,5%, nos primeiros seis meses do ano.

No grupo ocidental, a ilha das Flores registou 720 passageiros desembarcados (mais 57,2%) e a ilha do Corvo 694 passageiros (50,9%).

O número de passageiros desembarcados nos portos dos Açores em junho superou o de 2019, apesar de estar suspensa a ligação sazonal, que ligava todas as ilhas, segundo números revelados pelo Serviço Regional de Estatística (SREA).

Em junho, desembarcaram nos Açores 54.824 passageiros provenientes de transportes marítimos, mai…





Para continuar a ler o artigo torne-se assinante ou inicie sessão.


Contacte-nos através: 292 292 815.




Outras Notícias
Espanhóis pagam menos pela gasolina do que antes da guerra na Ucrânia
.
Açores têm os combustíveis mais caros do país
.
Notas da 2.º fase dos exames melhoram mas Matemáticas descem e ficam com média negativa
.
Portugal com 88 mortes em meio aquático, recorde dos últimos cinco anos
.