01 de Agosto de 2022
Secretário Regional diz que melhoria na comunicação vai evitar sobrepesca do atum patudo
Lusa

Autor do Artigo
33

O Secretário Regional do Mar e Pescas dos Açores defende que a comunicação atempada das capturas de atum patudo, na Madeira e nos Açores, vai ajudar a evitar a situação de sobrepesca que se verificou este ano.

Manuel São João falava à agência Lusa após uma reunião em Lisboa com a secretária de Estado das Pescas, Teresa Coelho, para discutir questões relacionadas com o setor, particularmente com a comunicação no tempo certo das capturas de atum patudo, dado que a quota para este ano já está esgotada neste momento.

“Aquilo que nós pretendíamos deixar muito claro nesta reunião era a necessidade de existir uma comunicação atempada dos dados de captura, para a Direção-Geral de Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos (DGRM), informar, diariamente, as administrações regionais da percentagem de uso da quota de atum patudo. E isso foi garantido”, disse Manuel São João.

De acordo com o governante dos Açores, a informação atempada das capturas é fundamental para as duas regiões autónomas poderem evitar que as quotas de pesca atribuídas sejam esgotadas de forma prematura, como se verificou este ano, bem como para garantir que não haverá uma `inundação´ de atum patudo no mercado e a assegurar as vendas a um “preço superior”.

“O que nós pretendemos é que o atum patudo seja valorizado, sobretudo com a venda em fresco, para que deixe um bom retorno económico”, frisou Manuel São João.


O Secretário Regional do Mar dos Açores salientou também que a Docapesca já está a proceder à instalação de um equipamento eletrónico de pesagem na Madeira, para permitir uma comunicação atempada das capturas, tal como já acontece nos Açores. 

Segundo Manuel São João, na Madeira e nos Açores há cerca de 1.500 trabalhadores e três dezenas e meia de atuneiros envolvidos na pesca de atum patudo. 

O Secretário Regional do Mar e Pescas dos Açores defende que a comunicação atempada das capturas de atum patudo, na Madeira e nos Açores, vai ajudar a evitar a situação de sobrepesca que se verificou este ano.

Manuel São João falava à agência Lusa após uma reunião em Lisboa com a secretár…





Para continuar a ler o artigo torne-se assinante ou inicie sessão.


Contacte-nos através: 292 292 815.




Outras Notícias
Governo vai dar indicação à EDA para dívida da região ter juro de 4 por cento
.
Aeroporto de Santa Maria leva Câmara a apelar à República
.
Taxa sobre plástico “take-away” aplica-se a embalagens “bio-based”e recicláveis
.
Riscos associados às alterações climáticas agravaram doenças infeciosas nos humanos
.