26 de Julho de 2022
Dois homens detidos por roubo agravado em Ponta Delgada
Lusa

Autor do Artigo
30

Dois homens foram detidos em Ponta Delgada por roubo agravado, depois de alegadamente terem ameaçado uma pessoa com uma arma branca e usado o seu cartão multibanco para uma transferência de 15 mil euros, revelou hoje a PSP.

“De acordo com a investigação, os suspeitos, após terem confraternizado com a vítima em vários estabelecimentos nas Portas do Mar, seguiram o ofendido até às imediações da igreja de São Pedro”, apontando-lhe “uma navalha ao pescoço” para ficarem com a carteira e “se apropriarem, desde logo, de cerca de 400 euros e um cartão multibanco”, descreve, em comunicado, o Comando Regional dos Açores da PSP.

O cartão foi usado “pouco tempo depois para efetuar levantamentos bancários ilícitos e ainda uma transferência bancária de 15 mil euros”, acrescenta a PSP.

“No decurso das diligências efetuadas pelos investigadores da Brigada de Serviço Permanente da PSP, foi possível reunir elementos probatórios que indiciam os suspeitos de terem planeado o ilícito sobre a vítima de 62 anos, a qual haviam conhecido apenas algumas horas antes da ocorrência do crime”, refere aquela polícia.

Os suspeitos, de 24 e 33 anos, foram detidos “por suspeitas da prática de um crime de roubo agravado”.

A PSP refere que as investigações começaram “imediatamente após a denúncia efetuada pela vítima do crime, a qual apontava para dois suspeitos” que, na madrugada de quarta-feira, ter-lhe-iam, “alegadamente, apontado uma arma branca ao pescoço, de forma a apropriarem-se de carteira”.

Um dos suspeitos foi detido na sexta-feira, “por ordem de autoridade policial, enquanto o segundo suspeito viria a ser detido no sábado, já com intervenção do Ministério Público, aquando da sua localização por parte das autoridades”, observa a PSP.

Após ter sido sujeito a interrogatório no tribunal judicial de Ponta Delgada, um dos suspeitos ficou em prisão preventiva e o outro ficou obrigado a apresentações diárias perante as autoridades.

O homem a quem foi determinada a prisão preventiva tem “antecedentes criminais ligados a crimes de furto e burla, inclusivamente, com uma pena de prisão cumprida”, diz a PSP.

Dois homens foram detidos em Ponta Delgada por roubo agravado, depois de alegadamente terem ameaçado uma pessoa com uma arma branca e usado o seu cartão multibanco para uma transferência de 15 mil euros, revelou hoje a PSP.

“De acordo com a investigação, os suspeitos, após terem confraternizado com a vítima em vários estabelec…





Para continuar a ler o artigo torne-se assinante ou inicie sessão.


Contacte-nos através: 292 292 815.




Outras Notícias
Cerca de 33% de 106 artigos analisados por projeto europeu contêm substâncias tóxicas
.
Chuva intensa provocou inundações e deslizamento de terras na Praia da Vitória
.
Portugal era o oitavo país da UE com mais bombeiros profissionais em 2021
.
Açores aprovam 329 projetos para investimentos em explorações agropecuárias
.