13 de Junho de 2022
Tribunal determina abertura de novo concurso para projeto da prisão de Ponta Delgada
Lusa

Autor do Artigo
30

O Tribunal Central Administrativo do Sul determinou que o Instituto de Gestão Financeira e Equipamentos da Justiça terá de aprovar novo concurso para o projeto do Estabelecimento Prisional de Ponta Delgada, segundo o acórdão a que a Lusa teve acesso.

Na decisão judicial, os juízes da secção do contencioso administrativo referem que o Instituto de Gestão Financeira e Equipamentos da Justiça (IGFEJ), que lançou em 2020 o concurso para o projeto, terá de “aprovar novas peças do procedimento, expurgadas das ilegalidades apontadas” e “praticar todos os atos subsequentes no âmbito do mesmo”.

O IGFEJ gere os recursos financeiros, patrimoniais e tecnológicos do Ministério da Justiça e o acórdão, com a data de 5 de maio, surge na sequência do recurso interposto por uma das empresas concorrentes.

“Assim, no caso, o conteúdo concreto da presente decisão terá inevitáveis repercussões nos deveres que dela dimanam para a recorrida, condicionando determinantemente os poderes de reinstrução do procedimento, uma vez que impede que sejam repetidas as invalidades detetadas”, lê-se no acórdão.

No documento, os juízes decidem ainda “anular o ato que determinou a exclusão da proposta” da empresa que recorreu, “a decisão de não adjudicação e, no mesmo âmbito, a revogação da decisão de contratar, no âmbito do procedimento em apreço”.

No processo é referido que ao concurso “apenas se candidataram três empresas e apenas uma proposta se qualificou, sendo que, a final, foi também excluída”, devido a uma diferenciação entre engenheiros e engenheiros técnicos, que o tribunal considerou errada devido à equiparação prevista numa lei de 2009.

O projeto do novo Estabelecimento Prisional de Ponta Delgada foi apresentado em novembro de 2018 pela então secretária de Estado Adjunta e da Justiça, Helena Mesquita Ribeiro, como tendo capacidade para 400 reclusos.

A Lusa contactou a tutela, mas não obteve resposta até ao momento.

O Tribunal Central Administrativo do Sul determinou que o Instituto de Gestão Financeira e Equipamentos da Justiça terá de aprovar novo concurso para o projeto do Estabelecimento Prisional de Ponta Delgada, segundo o acórdão a que a Lusa teve acesso.

Na decisão judicial, os juízes da secção do contencioso administrativo refe…





Para continuar a ler o artigo torne-se assinante ou inicie sessão.


Contacte-nos através: 292 292 815.




Outras Notícias
Portugal destaca-se entre 200 países na preocupação com alterações climáticas
.
Açores apoiaram projetos na área das migrações com mais de 45 mil euros
.
PSP apreende cerca de nove mil doses de haxixe
.
Empresa angaria fundos para a ciência através de mergulhos com tubarões na Região
.