08 de Junho de 2022
Serviço Regional de Saúde dos Açores agraciado
Lusa

Autor do Artigo
43

O representante da República para a Região Autónoma dos Açores, Pedro Catarino, vai agraciar o Serviço Regional de Saúde no Dia de Portugal pela “forma exemplar” como combateu a pandemia de covid-19, revelou o seu gabinete.

Entre as quatro entidades e personalidades agraciadas nos Açores, “por delegação do Presidente da República”, está o Serviço Regional de Saúde, “simbolicamente representando todo o pessoal que presta serviço nos hospitais e unidades de saúde, nomeadamente, médicos, enfermeiros, técnicos de diagnóstico e terapêutica e técnicos superiores, administrativos e auxiliares”.

Em comunicado de imprensa, o gabinete do representante da República justifica esta distinção “pela forma exemplar e extraordinária dedicação à população dos Açores, que permitiu não só aliviar os efeitos da pandemia, mas igualmente manter a tranquilidade social e o normal funcionamento da sociedade”.

Além do Serviço Regional de Saúde, será também agraciada como membro honorário da Ordem de Mérito a Santa Casa da Misericórdia da Horta, que comemora “500 anos de atividade no campo da solidariedade social”.

O gabinete de Pedro Catarino destaca o papel da instituição na “assistência a uma população com significativas carências” e no contributo “para a promoção de condições mínimas de dignidade humana”.

Serão ainda agraciados com o título de comendador da Ordem de Mérito os médicos Francisco Rego Costa e Luís Brito de Azevedo.

Especialista em cirurgia geral, Francisco Rego Costa, de 80 anos, assumiu “um papel muito relevante na instalação do Hospital do Divino Espírito Santo em Ponta Delgada”.

“Além de ser um clínico de elevada reputação e impecável folha de serviços, distinguiu-se pela participação cívica na vida da região e da sua ilha, tendo nomeadamente sido membro da Assembleia Municipal de Ponta Delgada e seu presidente de 2013 a 2021”, salienta o gabinete do representante da República.

Luís Brito de Azevedo, de 76 anos, é médico especialista em Saúde Pública e exerceu a sua atividade profissional na ilha Terceira, tendo sido também deputado à Assembleia Legislativa dos Açores.

“Muito estimado pela população, sobretudo por aquela mais carenciada, à qual nunca negou os seus serviços, muitas vezes sem qualquer retribuição, exercendo ainda de forma desinteressada o seu múnus profissional em várias instituições”, lê-se no comunicado.

A cerimónia do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portugueses nos Açores terá lugar, no dia 10 de junho, em Angra do Heroísmo, e “contará apenas com a presença das principais autoridades civis, militares e religiosas”, dadas “as circunstâncias excecionais que ainda se vivem”.

O representante da República para a Região Autónoma dos Açores, Pedro Catarino, vai agraciar o Serviço Regional de Saúde no Dia de Portugal pela “forma exemplar” como combateu a pandemia de covid-19, revelou o seu gabinete.

Entre as quatro entidades e personalidades agraciadas nos Açores, “por delegação do …





Para continuar a ler o artigo torne-se assinante ou inicie sessão.


Contacte-nos através: 292 292 815.




Outras Notícias
Governo dos Açores recolhe até 14 de julho contributos para sistema de incentivos
.
Açores apoiaram projetos na área das migrações com mais de 45 mil euros
.
Região integra novo programa europeu na área da mobilidade elétrica
.
Supremo revoga entrega para adoção de criança encontrada em contentor de lixo em 2019
.