11 de Maio de 2022
Avião cargueiro no fim do verão
Lusa

Autor do Artigo
28

Um dos aviões usado pela companhia SATA nas viagens entre as várias ilhas dos Açores vai ser transformado em cargueiro no fim do verão, revelou a secretária Regional dos Transportes.

“Quanto ao transporte de carga aérea, está a ser analisada a solução que me parece a mais plausível após todas as diligências da SATA: a transformação de uma das aeronaves em cargueiro, no fim do verão de 2022. É preciso valorizar o nosso peixe. É preciso valorizar os nossos produtos frescos”, sublinhou Berta Cabral, secretária Regional do Turismo, Mobilidade e Infraestruturas.

“Temos o verão ‘IATA’ com sete aeronaves. No inverno, uma das mais antigas passa a cargueiro. Em 2023, uma nova aeronave entra ao serviço da SATA, em ‘leasing’”, disse Berta Cabral.

Quanto aos encaminhamentos de turistas não residentes para as ilhas sem ligações diretas ao exterior do arquipélago, Berta Cabral sublinhou que “são ilegais”.

“Não é possível comparticipar encaminhamentos. Isso são ajudas do Estado a passageiros não residentes”, frisou.

Berta Cabral notou que a companhia aérea açoriana SATA “faz bilhetes ‘interline’, com preços mais vantajosos, com companhias da ‘Star Alliance’, com a possibilidade de três paragens”.

“As companhias ‘low cost’ estão fora disto por sua iniciativa”, observou.

De acordo com a secretária regional, um turista de visita aos Açores “até pode visitar cinco ilhas numa semana”, se aproveitar as três paragens de avião e fizer viagens interilhas de barco.

“Não é por aí que os turistas deixam de conhecer a região. Esse aspeto está esclarecido. Nem vejo que haja reclamações dos turistas ou agências de viagens em relação a isso”, afirmou.

A governante disse ainda que foram “já aprovadas as obrigações de serviço público para a SATA, no valor de 140 milhões de euros”.

Quanto ao apoio de eventos específicos na ilha Graciosa, a secretária Regional indicou que tal é feito relativamente ao rali e está a ser “analisado” para o campeonato de ‘surf’ e ‘bodyboard’ e para a segunda volta à ilha de caiaque.

“De resto, a política de promoção é a dos Açores. Temos de chegar aos turistas como um destino único: os Açores”, defendeu.

Em junho de 2021, o CDS-PP/Açores alertou para a urgência da aquisição de um avião cargueiro para a região, alegando que a disponibilização de tarifas aéreas a 60 euros para residentes nas viagens interilhas pode condicionar o transporte de carga.

Em setembro, o CDS-PP/Açores, partido que integra a coligação do Governo Regional, voltou a defender a aposta num avião cargueiro para combater o despovoamento.

Dois meses depois, na ilha de Santa Maria, o presidente do Governo dos Açores, José Manuel Bolieiro, disse que o executivo estava a procurar uma solução que permita “escoar os produtos por via área”, para promover a criação de um “mercado regional”.

Um dos aviões usado pela companhia SATA nas viagens entre as várias ilhas dos Açores vai ser transformado em cargueiro no fim do verão, revelou a secretária Regional dos Transportes.

“Quanto ao transporte de carga aérea, está a ser analisada a solução que me parece a mais plausível após todas as dilig&eci…





Para continuar a ler o artigo torne-se assinante ou inicie sessão.


Contacte-nos através: 292 292 815.




Outras Notícias
Tendência crescente de infeções não vai impor a revisão das medidas
.
Prisão preventiva para casal suspeito de tráfico de droga
.
Direção Geral da Saúde investiga taxa de mortalidade materna em 2020
.
Transporte Marítimo no Triângulo vai ter nova linha no verão
.