10 de Maio de 2022
Centenas de trail runners participaram no Ultra Blue Island
INCENTIVO

Autor do Artigo
42
Próximo evento acontecerá já em outubro

Respeito pela natureza, respeito pelo desporto e respeito pela cultura do Faial. Foi com este mote em mente que o evento pioneiro do trail running nos Açores se apresentou para a sétima edição com uma nova imagem, homenageando a ilha que o acolhe e celebrando o regresso em massa aos trilhos após dois anos de interregno devido à pandemia de covid-19. 

“Centenas de trail runners responderam à chamada e vieram de todo o mundo, para uma edição recorde em número de participantes e em nacionalidades, com 40 países representados”, adiantou, em nota de imprensa, a organização da prova. 


Depois de uma madrugada de muita chuva, a noite de sexta-feira fez-se amena, a antecipar um sábado de verão, para receber, no porto do Salão, os atletas que se desafiaram a percorrer os 118 quilómetros da Whalers’ Great Route. “Numa partida épica, começava assim a enchente de corajosos de todo o mundo pelos trilhos do Faial, para correr as várias provas apresentadas no Ultra Blue Island: para além dos 118 k, correram-se também 65k ( Blue Island Trail), 42k (Marathon Faial Coast to Coast), 25k (Trail Ten Volcanoes) e 10k (Family Race)”, referiu a mesma nota. 
Durante a tarde, na meta de todas as provas, realizou-se, ainda, uma prova destinada aos mais pequenos (Kids Race).

“A multiplicidade de distâncias à disposição dos atletas incentiva à diversidade e mostra que há desafios para todos os gostos. No Ultra Blue Island o trail running ao mais alto nível e a competição convivem com a camaradagem, o respeito pela natureza e o desporto inclusivo. Exemplos disso são a norte-americana Mirna Valerio, que desafia estereótipos ao mostrar que os atletas não têm todos o mesmo aspeto e que ter um corpo grande não é impeditivo de praticar este desporto; e o espanhol Maria Ylera, atleta com Esclerose Lateral Amiotrófica que se dispôs a correr 5500 quilómetros com o mesmo número de dorsal, perfazendo 400.000 metros de ganho de elevação positivo, pelas montanhas da Europa em provas de ultra distância”, destacou a organização da prova referindo que ambos marcaram presença no Ultra Blue Island.

A Whalers’ Great Route foi ganha pelo polaco Piotr Zubinski e pela inglesa Emily Clay. No Blue Island Trail venceram o alemão Timo Meyer e a portuguesa Raquel Vasconcelos, e na Marathon Faial to Coast o português Francisco Freitas e a canadiana Jeanne Laricheliere-Banken. A correr em casa, o faialense Dário Moitoso venceu o Trail Ten Volcanoes, cuja vitória no feminino foi para Ercília Machado. No Family Trail venceram Sérgio Peixoto e Maria Santos.


A cerimónia de entrega de prémios decorreu na manhã de domingo, no Mercado Municipal. Na ocasião marcou presença o presidente da Câmara Municipal da Horta, que se mostrou muito satisfeito com o sucesso do evento. “O Ultra Blue Island projeta o Faial e os Açores para todo o mundo, permitindo oferecer as nossas belíssimas paisagens, boa comida, excelentes momentos de convívio e a hospitalidade de uma ilha que que recebe os atletas, e seus familiares e amigos, de braços abertos”, disse Carlos Ferreira, convidando os visitantes a regressar à ilha.

Para o coordenador da marca Azores Trail Run, o evento superou todas as expectativas. Mário Leal entende que o sucesso se deve ao trabalho de promoção feito entretanto: “apesar de, durante os últimos anos, devido à pandemia de covid-19, não ter sido possível realizar este evento, foi feito um trabalho intenso de promoção do Azores Trail Run, através de vários meios, com a realização de eventos com menor dimensão no que diz respeito ao número de participantes, mas com um enorme mediatismo internacional, e muito relevantes para a consolidação da nossa notoriedade. O sucesso extraordinário deste regresso vem sendo alicerçado nesse trabalho”.

“Esta promoção dos Açores como destino de excelência de turismo ativo e de natureza através dos eventos Azores Trail Run traz cada vez mais pessoas de todo o mundo ao arquipélago”, referiu. 

O próximo evento acontecerá já em outubro, com a realização da Triangle Adventure, com provas nas ilhas do Pico, São Jorge e Faial. 

Respeito pela natureza, respeito pelo desporto e respeito pela cultura do Faial. Foi com este mote em mente que o evento pioneiro do trail running nos Açores se apresentou para a sétima edição com uma nova imagem, homenageando a ilha que o acolhe e celebrando o regresso em massa aos trilhos após dois anos de interregno devido à pandemia de covid-19.&nbs…





Para continuar a ler o artigo torne-se assinante ou inicie sessão.


Contacte-nos através: 292 292 815.




Outras Notícias
Alteração do sentido de trânsito na Rua Conselheiro Terra Pinheiro
.
Tendência crescente de infeções não vai impor a revisão das medidas
.
Bruxelas considera que Portugal continua a ter desequilíbrios macroeconómicos
.
Açores participam nos “Jogos das Ilhas” com mais de 100 elementos
.