06 de Maio de 2022
Montenegro defende que solução dos Açores não viola princípios
Lusa

Autor do Artigo
25

O candidato à liderança do PSD Luís Montenegro afirmou ontem que “os valores e princípios do PSD não estão a ser violados” com a solução do Governo açoriano, de coligação PSD/CDS-PP/PPM e acordos parlamentares com Chega e IL.

“Tenho de ser claro. Considero que os valores e princípios do PSD não estão a ser violados com esta solução de governo e esta solução parlamentar. Convivo muito bem com a governabilidade e a estabilidade governativa que se alcançou nos Açores”, afirmou Montenegro, em Ponta Delgada, na sede do Governo Regional dos Açores.

Montenegro foi recebido pelo presidente do executivo e líder do PSD/Açores, José Manuel Bolieiro, que manifestou apoio ao candidato nas eleições internas, destacando a sua “capacidade de preparação para liderar o PSD rumo a uma vitória eleitoral e ser o próximo primeiro-ministro de Portugal”.

O candidato à liderança do PSD destacou que “os princípios da governação que têm sido o suporte” do Governo dos Açores “não colocam em causa os valores essenciais e os princípios fundamentais do PSD”.

Montenegro disse estar a falar, “em primeiro lugar, da coligação que o PSD tem com o CDS-PP e o PPM e, em segundo lugar, dos acordos de incidência parlamentar que, no âmbito da formação deste governo, foram estabelecidos”, nomeadamente com o Chega a Iniciativa Liberal (IL).

O candidato destacou que “o presidente do Governo e o PSD estão a cumprir cabalmente” os acordos firmados.

“Não se lhes pode assacar nenhum incumprimento sobre a palavra dada para a criação deste governo”, defendeu.

Montenegro desafiou o seu opositor interno, Jorge Moreira da Silva, a pronunciar-se sobre o assunto.

“Desafio mesmo o meu adversário nesta eleição a dizer se entende, ou não, que esta solução de Governo nos deixa confortáveis do ponto de vista do respeito pela autonomia e pelos princípios e valores do PSD”, vincou.

Para Montenegro, Bolieiro é “um profundo conhecedor da realidade da Região Autónoma, de todos os mecanismos de decisão e dos mecanismos de atração de investimento”.

“Aquilo que o PSD tem de fazer é não só ajudá-lo e apoiá-lo, mas até poder inspirar-se no seu trabalho para, no futuro ter um governo da República que siga os mesmos parâmetros na busca do desenvolvimento do país”, disse.

O candidato à liderança do PSD Luís Montenegro afirmou ontem que “os valores e princípios do PSD não estão a ser violados” com a solução do Governo açoriano, de coligação PSD/CDS-PP/PPM e acordos parlamentares com Chega e IL.

“Tenho de ser claro. Considero que os valores e princípios do…





Para continuar a ler o artigo torne-se assinante ou inicie sessão.


Contacte-nos através: 292 292 815.




Outras Notícias
Glaciares dos Andes perderam 1.020 quilómetros quadrados de extensão em 30 anos
.
Açores participam nos “Jogos das Ilhas” com mais de 100 elementos
.
Aprovada comparticipação da ampliação da pista do aeroporto da Horta
.
Açores admitem liderar processo nacional de uso de tecnologia como prova judicial
.