22 de Abril de 2022
Cosméticos com ingrediente classificado como cancerígeno retirado do mercado
Lusa

Autor do Artigo
60

O Infarmed ordenou na quarta-feira a suspensão imediata da comercialização e retirada do mercado nacional de produtos cosméticos que contêm na sua composição um ingrediente classificado como cancerígeno, mutagénico ou tóxico.

Segundo anunciou a Autoridade Nacional do Medicamentos e Produtos de Saúde (Infarmed), a utilização de ingredientes Butylphenyl methylpropional e Piritiona de zinco em produtos cosméticos foi proibida em 1 de março.

“A partir desta data não podem ser comercializados nem disponibilizados ao consumidor produtos cosméticos que tenham na sua composição estas substâncias”, refere o Infarmed numa nota publicada no seu site.

A Autoridade do Medicamento verificou, no âmbito de uma ação de fiscalização de mercado, que a empresa Diamantino e Viegas, Lda, ainda se encontrava a comercializar produtos cosméticos que continham na sua composição o ingrediente Butylphenyl methylpropional.

Nesse sentido, o Infarmed determinou que as entidades que disponham destes produtos não os devem disponibilizar.

O Infarmed recomenda também na nota aos consumidores que possuam estes produtos para não os utilizarem.

O Infarmed ordenou na quarta-feira a suspensão imediata da comercialização e retirada do mercado nacional de produtos cosméticos que contêm na sua composição um ingrediente classificado como cancerígeno, mutagénico ou tóxico.

Segundo anunciou a Autoridade Nacional do Medicamentos e Produtos de Saúde (Infarmed), …





Para continuar a ler o artigo torne-se assinante ou inicie sessão.


Contacte-nos através: 292 292 815.




Outras Notícias
Azores Fringe Festival celebra 10 anos
.
Prisão preventiva para casal suspeito de tráfico de droga
.
Portugal tem “papel forte” no suporte logístico à Europa
.
Cardeal alerta para “insuportáveis sofrimentos causados pela guerra”
.